Para começar a contar esta Fantástica História, preciso voltar no tempo e falar um pouco sobre o Jaime e eu para que a compreensão fique mais fácil…

Em novembro de 2001, após o atentado às Torres Gêmeas em New York , quando muitos brasileiros que moravam nos Estados Unidos decidiram voltar para o Brasil, Jaime e Eu decidimos ir morar nos Estados Unidos. Já éramos Presidentes, mas queríamos sair da Zona de Conforto, aprender mais coisas e crescer mais.

Moramos por 4 meses em Pembroke Pines , bem próximo a Miami e logo depois decidimos comprar uma casa e mudar para Orlando…

Começamos a desenvolver nosso negócio com muitas vendas e recrutamento e sempre colocava anúncio em um jornal brasileiro de Newark – NJ, pois lá tem uma grande comunidade brasileira, até que em abril de 2003, fruto deste anúncio, Geisa & Fábio Mendonça decidiram se registrar na Cia para fazer o negócio. Ela trabalhava com limpeza de casas e ele em construção.

Todo o nosso contato foi por telefone, todos os treinamentos por telefone ou internet, e eles chegaram a Supervisão em 2 meses de 2.500PV com bastante clientes, então disse para eles, que se fizessem mais 4 meses de 2.500PV, iriam se tornar Membros da Equipe Mundial e eu iria finalmente conhecê-los pessoalmente passando 1 semana trabalhando com eles para implantarmos um sistema que até então não havia em Newark… e eles fizeram! Geisa decidiu se dedicar à Herbalife em tempo completo e eu me mandei para Newark.

Providenciamos os anúncios em jornais Brasileiros e Hispanos, pois faríamos uma HOM em português e outra em Espanhol em dias e horários diferentes. Os nossos telefones não paravam de tocar das 6 da manhã até as 11 da noite…

Entre tantos telefonemas eu ainda hoje lembro como “Aquela Mulher” falou comigo, ela era hispana, então agendei para a HOM em Espanhol, só que ela não podia neste horário porque estaria trabalhando no Mac Donalds, então eu disse que tinha outro dia e horário, só que a apresentação seria em Português e ela disse que não havia problema, queria muito conhecer a oportunidade e que entendia Português…

…Providenciamos o hotel, a sala,  as “Transparêcias”,  não havia $$ para multimídia, alugamos o retroprojetor, treinamos a apresentação, quem falaria o quê (Fábio e Geisa nunca tinham falado antes em público), providenciamos o display, o som, o CD de Tina Tunner, 2 amigas e clientes de Geisa para ficarem na recepção da sala fazendo o registro, etc, etc, etc….

Na hora marcada começaram a chegar pessoas, e mais pessoas, e mais pessoas e quanto mais pessoas chegavam mais eu me animava e mais nervosos Geisa & Fábio ficavam…

Até que Fábio começou a falar, ou melhor “tentar” falar, dar as boas vindas e apresentar Geisa para explicar a Cia… até aquele dia eu nunca tinha visto um homem tão vermelho de vergonha que tremia e suava tanto, mas Fábio enfrentou….

Geisa fez a apresentação da Cia e dos Produtos, chamou depoimentos, clientes deles que já tinham resultados e eu fiz o Plano de Marketing com treinamento básico logo após para os interessados na oportunidade. Quando demos o intervalo, de mais de 80 pessoas que haviam no início, ficaram umas 12 e ao final do treinamento básico 11 foram embora, e chegou perto de nós a Mulher Hispana querendo se cadastrar… sentamos eu e Geisa para fazermos o registro dela enquanto Fábio desmontava o display e o som. Então, para fazermos o registro perguntamos: ” – Qual é o seu nome”?

Ela respondeu: – “Cristina Scorza”

e foi assim que Cristina chegou em nossas vidas…

(1º Grande evento de Cristina como Supervisora – Extravaganza de Nashiville 2004 – Eu, uma Supervisora de Cristina, Sofia – filha de Cristina também Supervisora, Cristina, Geisa & Fábio que na época eram Eq. Mundial e Jaime)

Ela que disse entender Português, não entendeu que tinha que pagar para se registrar, como já havíamos feito o preenchimento do contrato, disse-lhe que não havia problema, pois no dia seguinte teríamos que encontrá-la para darmos o primeiro treinamento de como começar, e então ela nos pagaria, combinamos em sua casa e no dia seguinte, no horário marcado, Geisa e eu chegamos à casa de Cristina… e eu tomei o choque de minha vida… nunca pensei que alguém pudesse morar em um porão…

sem a luz do sol, sem janelas, em um espaço tão pequeno…

Então conhecemos um pouco mais sobre Cristina, que trabalhava no Mac Donalds das 4 da manhã até às 11hs e queria muito encontrar alguma atividade para fazer a tarde, pois precisava de dinheiro.

Neste encontro, demos 2 notícias à Cristina, uma boa e uma má: A má era que Geisa sua patrocinadora, estaria se mudando da cidade em mais 2 semanas e a boa era que o Mercado de Newark iria ficar TODO para ela, rsrsrs

Cristina & German, pais de 3 filhos, viviam muito bem de vida em uma grande e bela casa de frente para o mar no Uruguai, eles tinham ótimos empregos e depois tornaram-se empresários com farmácias, lojas e outros empreendimentos, já conheciam os Estados Unidos, pois haviam passado algumas férias com toda a famíla por lá, viajavam pela Europa e tinham um ótimo padrão de vida com seus filhos nas melhores Escolas, até que a crise econômica no Uruguai começou a assolar o país e chegou ao ponto de Cristina & German, depois de acabarem com suas reservas econômicas, precisarem se desfazer de seus bens para continuar vivendo com as necessidades básicas. Foi quando German decidiu ir morar nos Estados Unidos em busca de um meio para sustentar sua família com dignidade. Lá, German tentou encontrar emprego em sua área como contador, mas não conseguiu, tentou trabalhar na construção, porém o esforço físico era demasiado, até que conseguiu um emprego como auxiliar de uma dvogado. Cerca de 2 meses depois que German estava nos Estados Unidos, Cristina decidiu deixar seus 3 filhos com sua Mãe e ir juntar-se a German para acharem uma solução par a família. Ambos não sabiam inglês, não tinham dinheiro, não tinham amigos, algumas vezes tinham apenas 1 dólar para fazer uma refeição, mas tinham dentro de si uma grande vontade de vencer, e como sempre…”O que a Mente concebe, a Mente dá”….

Cristina se registrou na Herbalife em novembro de 2003, tornou-se Supervisora com muitas vendas e em linha com uma downline em janeiro de 2004.

Em agosto do mesmo ano qualificou-se Equipe Mundial com 4 meses consecutivos de 2.500PV. 1 ano e 4 meses depois, em dezembro de 2005 completou sua qualificação como GET. Manteve-se entre 800 e 1.200 Royalties e no final de julho de 2006 decidiu abrir seu Clube de Nutrição Central (Espaço Vida Saudável), 4 meses depois, em novembro abriu seu 1º mês de Milionário, completando sua qualificação em janeiro de 2007. German decidiu fazer Herbalife em tempo completo e em abril de 2008 iniciaram sua qualificação para Equipe de Presidentes com mais de 11.000 Royalties, completando a qualificação em junho último também com mais de 11.000 Royalties.

Cristina & German têm hoje, 279 Supervisores em toda sua Organização, dos quais 58 são Membros da Equipe Mundial, 10 são Membros do Grupo de Expansão Global e 1 é Membro da Equipe Int. de Milionários.

Eles têm, 17 primeiras linhas de Supervisores, dos quais 9 são Eq. Mundiais, 2 são GETs e 1 é Milionário. Desde que entraram na Herbalife, nunca perderam uma qualificação de Férias pagas pela Cia.

Quando eram GETs, Cristina & German mudaram do porão onde viviam para um apartamento e compraram seu primeiro carrinho nos Estados Unidos. Hoje eles moram em uma casa linda e nova, toda mobiliada e decorada, dirigem um excelente carrão e o melhor… seus 3 filhos decidiram fazer Herbalife e moram com eles nos Estados Unidos, Sofia e Gabriela são Eq. Mundiais e Guilhermo e´Supervisor no 3º mês de qualificação para Eq. Mundial, todos 1º linha dos Pais.

Quando Jaime e eu olhamos para trás hoje, entendemos tanta coisa da Vida…

Entendemos que fazia parte de nossa “Missão Pessoal” ir até outro país, passar tudo o que passamos, viver tudo o que vivemos, conhecer as pessoas que conhecemos para chegar até Geisa & Fábio e até Cristina & German e que através deles, centenas de imigrantes que deixaram seus países, suas famílias, seus filhos em busca de algo melhor, em busca do Sonho Americano e quando se depararam com a realidade perderam a esperança na vida…podem reencontrá-la na OPORTUNIDADE HERBALIFE.

Descobrimos através de Cristina & German a maneira de fazer EVS que veio dar respostas para tantas perguntas que tínhamos…

Entendemos que os dasafios que enfrentamos com nossa filha nos trouxe de volta ao Brasil e que nossa Missão continua aqui…

Que legado que Mark Hughes nos deixou… Que Empresa e´essa????

Cristina & German, falar sobre vocês e´simples porque vocês são pessoas simples, especiais, admiráveis, mas não é fácil porque não sei colocar em palavras a fortaleza que sinto em vocês. Somos muito Orgulhosos por tê-los em nossa caminhada.

Jaime e Eu somos gratos a Deus pela vida, pelas Imensas Bênçãos e por termos sabido reconhecer esta oportunidade não apenas de negócio, mas de Vida chamada HERBALIFE.