Como criar aliados para o seu plano alimentar dar certo

Costumo dizer que não é pela boca que morre o peixe, mas sim por causa do aquário! Afinal, a pessoa deve ter muita força de vontade para emagrecer e manter uma alimentação saudável quando está cercada de gatilhos e alimentos calóricos. Além da alimentação, é preciso aprender a transformar sua vida de forma a eliminar tanto quanto possível o constante estresse, inatividade física e abusos alimentares e constituir uma vida que seja gratificante e saudável, balanceando suas atividades físicas e novos hábitos nutricionais, além de reservar tempo para relaxar e refletir.

Planejando o cardápio e as compras

Quando entrar no supermercado, comece pelas hortaliças e frutas, depois vá para os laticínios e escolha aqueles com menor teor de gordura. Evite as gôndolas de doces e guloseimas. Lembre-se: “longe dos olhos, longe do coração e do estômago!”.

Não é preciso fazer compras todos os dias para ter alimentos frescos diariamente — elabore um cardápio semanal e faça uma lista de compras de acordo com ele. Coloque no topo da lista frutas, hortaliças, peixes magros, gelatinas e grãos integrais.

Comendo fora de casa
Pode parecer simples, mas olhar para a sua comida antes de começar a comer é o primeiro passo para uma alimentação saudável. E se estiver em uma lanchonete, por exemplo, peça um sanduíche com maionese light. No restaurante, peça uma salada de entrada e um prato à base de carne magra sem molho e com legumes a vapor; e fruta ou sorbet, de sobremesa.

Em viagens
Não é fácil, mas é possível sim manter um padrão alimentar saudável durante uma viagem. Tenha sempre uma barra de proteínas por perto, assim você evita alimentos como amendoins ou salgadinhos tão frequentes em hotéis e aviões. Mantenha uma rotina de atividade física. Por exemplo, faça uma caminhada nas imediações do hotel: você fica em forma e ainda aproveita para conhecer a região.

 

Este material de treinamento tem como objetivo auxiliar sobre questões básicas de nutrição e estimular à conscientização e mudança de hábitos para uma vida mais saudável e não substitui uma consulta médica ou de um nutricionista.

Por Dr. David Heber Presidente do Instituto de Nutrição Herbalife e do Conselho para Assuntos Nutricionais da Herbalife (NAB)