Confira conosco, as formas de ajudar você a comer menos!

 

Se você quer comer menos, precisa saber, em primeiro lugar, por que está comendo demais.

Conheça cinco dicas que podem ajudá-lo a comer menos, mas que não vão deixar você sentir fome.

Você come demais porque está distraído

Esta é, provavelmente, uma das razões mais comuns pelas quais as pessoas comem demais: estão focando em tudo, menos em sua refeição. Se você come enquanto assiste televisão, navega pela internet ou dirige, você não está prestando atenção nenhuma ao que ou quanto está em seu prato…

Solução: Reserve cerca de 20 minutos só para comer e não “Vou almoçar enquanto dou uma olhada no meu e-mail”, e realmente foque na aparência da sua comida, seu sabor e aromas.

Se estiver em casa, coloque o que quer que você esteja comendo em um prato (mesmo que seja para viagem), coloque sobre uma toalha de mesa e ligue uma música. Esses toques extras podem tornar sua refeição mais gostosa e satisfatória – mesmo quando você come menos.

 

Você come demais porque se serve demais

A maioria de nós tende a comer qualquer quantidade que nos for servida – seja pouco ou muito. Então, se encher seu prato com uma grande porção, há uma boa chance de comer tudo. Se quiser comer menos, o processo se inicia no momento em que a colher chega ao seu prato.

Solução: Tente colocar no prato cerca de 20% menos comida do que normalmente costuma colocar. É o suficiente para cortar uma quantidade razoável de calorias, mas não tanto assim que você sinta que está deixando de se alimentar. Tente usar um prato menor para ajudá-lo a controlar o tamanho de sua porção.

 

Você come demais porque fica com muita fome

Se sua estratégia para comer menos significa adiar as refeições e os lanches o máximo que você puder, esse tiro pode sair pela culatra. Quando você pula refeições, provavelmente não irá comer menos. Em vez disso, ficará faminto e comerá demais quando finalmente fizer uma refeição. Solução: Você não necessariamente precisa comer com uma agenda de horários, mas seu corpo irá lhe informar quando precisará de alimento, o que, para a maioria das pessoas acontece a cada 3-4 horas. Planeje não apenas o que irá comer nas refeições, mas pense nos lanches saudáveis também. E tente incluir um pouco de proteína a cada vez que comer…

 

Você come demais quando está estressado

0 problema em comer quando está estressado é duplicado, pois você não acaba apenas ingerindo as calorias que não precisa, mas comer com estresse frequentemente não o faz se sentir bem. Então, o truque aqui é encontrar outras formas para lidar com o estresse.

Solução: Quando sentir vontade de comer por uma razão emocional se aproximando, escreva seus sentimentos em um papel. Isso pode ajudá-lo a destacar o que o faz sentir vontade de comer e ainda o faz parar por um ou dois minutos, muitas vezes, o suficiente para atrasar o desejo de comer. Isso foi afirmado mais de uma vez, – mas uma das melhores estratégias para lidar com o comer emocional é encontrar outras formas de lidar com seu estresse. Chame um amigo, faça uma caminhada ou prepare uma xícara de chá. Reserve um momento para refletir sobre seus sentimentos sem julgamento – não há problema em ficar sozinho ou entediado algumas vezes.

 

Você come demais porque come rápido demais

Quem come rápido sabe muito bem que leva um tempinho para seu cérebro registrar que seu estômago está cheio – cerca de 20 minutos, na realidade. Por isso, quando você faz uma grande refeição de maneira muito rápida pode, a principio, se sentir bem, mas muito estufado minutos mais tarde.

Solução: Você poderia tentar comer diante de um espelho (algumas pessoas juram que é isso que finalmente as tirou do hábito de comer rapidamente), mas é provavelmente mais prático utilizar algumas das outras opções. “Comer rapidamente” frequentemente anda lado a lado com “comer enquanto está distraído” . Comer em etapas também funciona bem – tente comer sua salada primeiro, ou seus vegetais. Em vez de se sentar e comer tudo de uma vez, você pode começar pelos alimentos menos calóricos de sua refeição antes de ir para o prato principal. Pratique dar mordidas menores e colocar menos comida na boca (aqui pode ser útil a ideia do espelho) e apoiar os talheres no prato enquanto mastiga. Se estiver comendo algo que precisa ser cortado – como um peito de frango – corte-o conforme for se alimentando, evite cortar tudo de uma vez. Além disso, inclua muitos alimentos ricos em fibras nas suas refeições – eles não só satisfazem, mas exigem mais mastigação, o que pode ajudar a diminuir a sua velocidade ao comer.

 

Atenção: Este material de treinamento tem como objetivo auxiliar sobre questões básicas de nutrição e estimular à conscientização e mudança de hábitos para uma vida mais saudável e não substitui uma consulta médica ou nutricionista. A vida que sonho, apoia e recomenda que antes de iniciar uma dieta alimentar, se consulte um médico ou nutricionista ou um profissional de educação física antes de iniciar um programa de exercícios. Qualquer dúvida, entre em contato conosco, será um prazer ajudar você com sua vida saudável!

 

Por Susan Bowerman- Diretora Global de Treinamentos de Nutrição